Roteiro do Douro: O melhor da região do Douro

ROTEIRO DO DOURO

Património da Humanidade, Paisagem Cultural, 1ª região demarcada de vinhos no Mundo. Faltam adjetivos para descrever a riqueza histórica do Douro Vinhateiro e a sua espantosa beleza. 


Quando o Marquês de Pombal, em 1756, criou a Companhia Geral da Agricultura das Vinhas do Alto Douro não podia imaginar as consequências de tal decisão dois séculos e meio depois. Hoje, é um dos locais mundialmente mais famosos para o turismo ligado à cultura, à Natureza e às tradições ancestrais. Em especial, o enoturismo no Douro atrai cada vez mais apaixonados pela vindima, produção e degustação de vinhos excecionais. A possibilidade de visitar locais e conhecer as pessoas que conservam e apuram a arte milenar das vinhas do Douro fizeram crescer a fama desta região nacional e internacionalmente. 

PLANEAR UM PASSEIO NO DOURO

Embora possa descobrir a região do Douro através de qualquer meio de transporte da sua preferência, até de bicicleta ou a pé se for amante de atividades radicais, aqui na Controlauto vamos apenas dar conselhos a quem se prepara para ir e regressar de automóvel ou moto.


Planear um roteiro do Douro sabendo que tem um veículo à sua disposição abre-lhe um campo ilimitado de opções. Porque pode ir às localidades e locais planeados com facilidade e completa liberdade, escolhendo os melhores trajetos por serem os mais curtos ou os mais apelativos por qualquer razão já antecipada ou nascida no momento.


Então, mãos à obra; isto é, olhos no mapa e nos objetivos do passeio. Se quiser cumprir na totalidade o percurso entre as pontas do Rio Douro em Portugal, irá partir do Porto e chegar a Miranda do Douro – ou vice-versa. Pelo meio, tem 20 anos de desenvolvimento turístico de excelência, 200 anos de celebração e aperfeiçoamento do Vinho do Porto, 2000 anos de cultura vinícola espalhada nas encostas, e mais de 20 000 anos de memórias gravadas na rocha por mãos iguais às nossas.

AVENTURE-SE PELA REGIÃO DO DOURO

Damos três sugestões para cada opção, conforme parta de uma extremidade ou da outra do Douro vinhateiro. O resto, é consigo e com quem tiver a sorte de lhe fazer companhia. 

Partir do Porto:

- Porto - Obviamente, ir a Vila Nova de Gaia, o destino heroico dos icónicos barcos rabelos. E visitar o Centro Multimédia do Vinho do Porto.

- Marco de Canaveses – Desfrute da pujante presença da Natureza, resultante do encontro dos rios Douro e Tâmega e das serras da Aboboreira e de Montedeiras.

- Peso da Régua – Um território ideal para visitar de automóvel, indo à procura das quintas produtoras de vinho, das casas senhoriais, dos palacetes e da esplendorosa paisagem.

Partir de Miranda do Douro:

- Miranda do Douro – Um dos locais onde a gastronomia portuguesa é tratada como um tesouro nacional. Leve uma parte substancial dessa maravilha consigo. 

- Mogadouro – Descubra o Monóptero de São Gonçalo e colecione recordações de um ambiente rural prístino e encantador. 

- Torre de Moncorvo – Passeie a pé pela vila e perca-se nos sucessivos encontros com o nosso passado medieval. A Igreja Matriz é um local de visita obrigatória e demorada para apreciar o seu fascínio. 

SABOREAR O DOURO VINHATEIRO

O verbo “saborear” é o que melhor abarca a quantidade, e diversidade, das experiências possíveis para quem visita a Região do Douro. Aliás, nem é preciso ser apreciador de vinho, sequer consumidor ocasional, para encontrar nas encostas e vinhas do Douro o cenário inesquecível de uma viagem de sonho.


Faça o seu próprio roteiro no Douro Vinhateiro de acordo com os seus gostos e tempo disponível. Pondere descobrir segredos como os que esperam por si na Ucanha, Galafura, Figas de Ermelo e Trevões, por exemplo e entre tantos outros. Saboreie uma condução defensiva que lhe permitirá chegar onde quer com o maior conforto e segurança. Saboreie a vida num dos mais encantadores e saborosos pedaços do Mundo. 

Relacionados