Poluição Automóvel

Já alguma vez parou para pensar, enquanto está a caminho do seu trabalho, no impacto que o seu automóvel pode ter no ambiente? Já deu por si a questionar-se se um carro híbrido não seria uma melhor solução para o seu estilo de vida?

É um facto que as emissões de CO2 nos transportes tem vindo a crescer, pois estes são responsáveis por quase 30% das emissões de dióxido de carbono na União Europeia, 72% dos quais são provenientes de transportes rodoviários. No entanto, qual é o verdadeiro impacto dos automóveis no ambiente? Será a compra de um automóvel ecológico a melhor solução? Ainda vamos a tempo de salvar o nosso planeta?

 

Causas da Poluição Dos Carros

 

Para quem pensa que poluir é apenas deitar lixo para o chão, engana-se, pois este conceito é bem mais abrangente do que aquilo que pensamos. Em primeiro lugar, convém esclarecer que a poluição é a contaminação ou degradação do meio ambiente. Contudo, existem diversos tipos de poluição: sonora, térmica, do ar, do solo e da água.

Neste caso, os dois tipos de poluição que mais são influenciados pelos automóveis são a poluição sonora e a do ar. A poluição sonora é tudo aquilo que provoca sons e ruídos, isoladamente ou em conjunto, e que atingem um nível de sonoridade bastante elevado. O barulho dos carros e das buzinas também contribui para este tipo de poluição.

Já a poluição do ar é a mais relevante, neste caso, é a introdução de qualquer substância no ar, que devido à sua concentração, acaba por se tornar nociva à saúde e ao meio ambiente. É sem dúvida, bastante influenciada pela poluição automóvel, e ocorre quando o ar é contaminado por gases, líquidos e partículas poluentes, prejudicando a qualidade do ar que respiramos, podendo resultar em diversas doenças.

Apesar de agora, ouvirmos falar deste conceito com mais frequência, uma vez que a preocupação ambiental está nas bocas do mundo. A poluição do ar não é de todo, recente. Esta começou na Roma Antiga, quando era queimada madeira e agravou-se significativamente na Revolução Industrial, com a combustão de carvão mineral.

 

Impacto das Emissões de CO2 dos Automóveis

 

Importa explicar que, a poluição do ar é causada por dois tipos de fontes:

  • Fonte natural: envolve tudo o que tem origem na natureza como por exemplo, poeiras das áreas desérticas, fumo e monóxido de carbono lançado pelas queimadas naturais, metano emitido no processo de digestão dos animais, decomposição de matéria orgânica, atividade dos vulcões, emitindo vários poluentes como o dióxido de carbono e enxofre, entre outros.
  • Fonte antropogénica: resulta da atividade humana, sendo originada por veículos com motor (carros, motas e aviões…), aerossóis (tintas, sprays…), ou decomposição de resíduos orgânicos, que dão origem a metano e fábricas e incineradoras, que utilizam combustíveis fósseis, etc.

A poluição automóvel não é só sentida quando conduzimos, muito pelo contrário. A produção de automóveis consome muita energia, mesmo antes de chegar à estrada (minerais usados na criação do metal para o corpo e motor, produtos químicos para desenvolver plásticos, tintas, borrachas e vidros).

 

Emissão de CO2: O Impacto na saúde humana

 

Apesar de nem todos estarmos conscientes disto no nosso dia a dia, a verdade é que a poluição do ar pode prejudicar a nossa saúde, de maneiras que nem fazemos ideia, entre as quais:

  • Irritação na garganta, nariz e olhos;
  • Dificuldades em respirar;
  • Tosse;
  • Desenvolvimento de problemas respiratórios;
  • Agravamento de problemas cardíacos ou respiratórios já existentes, como é o caso da asma;
  • Diminuição da capacidade pulmonar

 

Poluição Automóvel: O Impacto no meio ambiente

 

Para além da nossa saúde, o meio ambiente é também bastante prejudicado pela poluição do ar, entre os quais se destacam:

  • Chuvas ácidas: origina a acidificação da água, responsável pela morte da vida marítima. Nas florestas, danifica as árvores e nas cidades, acaba por causar a corrosão de prédios, estátuas e outras estruturas.
  • Diminuição da camada de ozono: esta camada é responsável por proteger o nosso planeta da emissão de raios ultravioletas, que aumenta o risco de desenvolver cancro de pele, por exemplo.
  • Efeito estufa: responsável por estabilizar a temperatura da Terra. Contudo, o aumento significativo de emissões de gases poluentes está a gerar um aquecimento global e a aumentar a temperatura média do planeta.
  • Eutrofização: este fenómeno ocorre quando existe um aumento da quantidade de nutrientes e/ou matéria orgânica num ecossistema aquático, dando origem a uma maior produtividade primária (algas, por exemplo) e diminuição do volume total do ecossistema.
  • Escurecimento da atmosfera: a poluição do ar faz com que a claridade e a visibilidade sejam reduzidas.

 

Poluição Gasolina Vs Poluição Diesel

 

Atualmente, apesar de não existirem dúvidas de que proporcionam uma maior potência, podemos considerar que os veículos a diesel têm um maior impacto no meio ambiente, isto porque poluem mais e também emitem mais gases com efeito de estufa. Já para não falar que por norma, apresentam na sua composição, maior teor de enxofre, se comparado com os motores a gasolina, substância altamente prejudicial para a atmosfera.

É importante referir que a poluição do diesel também é influenciada pelo processo de refinação, que implica um uso mais intensivo de energia. Para além disso, na produção de veículos a diesel, é necessário utilizar mais materiais, uma vez que os motores são mais pesados e complexos.  

 

Como Diminuir a Poluição Automóvel

 

Existem certas coisas que podemos alterar na nossa rotina e que, apesar de acharmos que não, podem ter impacto no meio ambiente e ajudar a salvar o planeta. Acredite que pode fazer a diferença e faça de uma destas opções, um hábito:

  • O carro fica em casa durante a semana. Se tiver a opção de ir de transportes públicos para o trabalho, deixe o carro em casa durante a semana. Atenção, não estamos a pedir para se livrar do seu automóvel, mas sim diminuir a sua utilização. Vai ver que conduzir o carro ao fim-de-semana, é bem melhor: o seu stress com o trânsito acabou!
  • Transportes públicos. Também têm um impacto negativo no ambiente, pois não deixam de causar poluição sonora e do ar, graças às suas emissões de dióxido de carbono. No entanto, se compararmos com o impacto de um veículo individual, os transportes públicos são uma solução mais ecológica.
  • Carpooling. Se os automóveis forem partilhados, e não utilizados de forma individual, podem ter um impacto menos negativo no ambiente. Veja no seu círculo de amigos, vizinhos e colegas quais são os percursos que estes fazem diariamente, assim como os horários, e junte-se a eles. Divida as despesas e todos os custos envolvidos. Se não se conseguir juntar com nenhum conhecido, existem várias plataformas digitais que o podem ajudam nesta situação.
  • Bicicleta, scooter, trotinete ou carro elétrico. Basta ter um smartphone para conseguir ter acesso às plataformas de serviços de mobilidade partilhada. Esta opção é indicada para quem vive e trabalha na mesma cidade. É mais ecológica, conveniente e também mais económica.

 

Agora que já tem noção do impacto que o seu automóvel tem individualmente, na nossa saúde e no ambiente, é altura de pensar e refletir se estamos a fazer as melhores escolhas, pois o mundo está a evoluir, e com ele devemos também nós evoluir. Os carros ecológicos já são uma coisa do presente e não de um futuro distante, por isso pense noutras alternativas e evite a poluição provocado pelo diesel e gasolina.

Relacionados

  • Carros híbridos – Vantagens e desvantagens

    Para muitos, o conceito de carro híbrido ainda não está muito definido nem claro, para outros, ainda é uma ‘coisa do futuro’. Mas enganam-se, pois, os carros híbridos já fazem parte do nosso dia-a-dia, e existem cada vez mais marcas a apostar neste modelo, uma vez que vieram colmatar uma falha no mercado automóvel, onde apenas existiam soluções de veículos convencionais, movidos através de combustíveis fósseis e os totalmente elétricos.

    Saiba mais
  • Carros elétricos: Vantagens e desvantagens

    Se está a pensar comprar um veículo elétrico, mas está indeciso, pois não sabe as implicações que esta compra vai causar na sua vida ou ainda desconhece o conceito de carros elétricos e as suas vantagens e desvantagens, leia este artigo e pense duas vezes.

    Saiba mais