Inspeções Controlauto: Perguntas Frequentes

O que é uma IPO?

 

Uma Inspeção Periódica Obrigatória, ou IPO, tem como objetivo confirmar com frequência, a manutenção das boas condições do funcionamento do seu veículo, de forma a promover a segurança rodoviária.

 

Inspeção automóvel: quando fazer?

 

A inspeção periódica obrigatória tem como prazo limite para a sua realização, o dia e o mês, presentes na matrícula do veículo e deve ser respeitada a sua periocidade, determinada por lei.

Para que cumpra sempre a data correta, utilize o nosso simulador para saber quando fazer a inspeção automóvel. Basta inserir os seus dados, com a indicação do tipo de veículo, o ano, mês e dia, e nós calculamos por si, a data da sua próxima inspeção.

No caso da primeira inspeção periódica, para os automóveis ligeiros de passageiros, deverá ser marcada quatro anos após a data da primeira matrícula e em seguida de dois em dois anos, até perfazerem oito anos. Após decorrido esse período, a inspeção deverá ser marcada anualmente.

Todos os veículos devem ser apresentados às respetivas inspeções até ao dia e mês do registo da matrícula, podendo a primeira inspeção automóvel e as subsequentes serem realizadas durante os 3 meses que antecedem essa data (Decreto-Lei n.º 144/2012).

 

Durante a inspeção automóvel o que verificam?

 

Durante a inspeção automóvel, para garantir que o seu veiculo não reprova na inspeção, é necessário passar por um processo, onde são avaliados vários tópicos. Veja abaixo as 8 etapas que inspecionamos durante a inspeção automóvel:

  1. Identificação do veículo;
  2. Sistema de iluminação e visibilidade;
  3. Sistema de suspensão;
  4. Sistema de travagem;
  5. Alinhamento de direção;
  6. Emissão de CO2: Sistema de escape;
  7. Verificação do estado do veículo;
  8. Equipamentos obrigatórios;

 

Quais são os documentos necessários para a inspeção automóvel?

 

Para realizar uma inspeção automóvel e/ou reinspeção precisa de apresentar os seguintes documentos:

  • Livrete e Título de Registo de Propriedade ou Documento Único Automóvel (DUA);
  • Ficha da última inspeção – exceto na 1ª inspeção;

Qual o preço da inspeção automóvel?

 

O preço da inspeção automóvel varia consoante o tipo de veículo que vai inspecionar e do tipo de inspeção que pretende fazer.

 

Qual o horário dos centros de inspeção automóvel Controlauto?

 

O horário dos centros de inspeção automóvel Controlauto varia, consoante o centro escolhido por si.

 

Como marcar a inspeção automóvel?

 

A inspeção automóvel pode ser marcada no nosso website. Basta seguir os passos abaixo:

 

  1. Procure o seu centro de inspeção por distrito ou localidade;
  2. Escolha o dia que mais lhe convém;
  3. Selecione a hora;
  4. Insira os seus dados: nome, e-mail, telefone e matrícula do veículo a inspecionar;
  5. De seguida, carregue em Submeter;
  6. Por fim, irá receber um e-mail de confirmação com os dados preenchidos anteriormente;

 

Como desmarcar a inspeção automóvel?

 

Para desmarcar a sua inspeção automóvel deve consultar o e-mail de confirmação enviado inicialmente. No e-mail, encontrará a frase ‘Caso deseje cancelar a marcação, pode fazê-lo utilizando a referência da marcação, em Controlauto.pt’, com uma hiperligação a remeter para o website. Depois basta confirmar os seus dados, e carregar no botão verde, ‘Desmarcar Inspeção’.

 

O que é uma inspeção extraordinária?

 

A inspeção extraordinária, ou inspeção tipo B, tem como objetivo identificar ou confirmar as condições de segurança dos veículos, em consequência de alterações nas suas características, por motivos de acidente ou outras causas que possam comprometer a segurança do veículo, cujos os elementos do quadro, direção, suspensão ou travagem, tenham sido gravemente afetados, não permitindo por isso, que os veículos se desloquem.

Para realizar uma inspeção extraordinária precisa de apresentar os mesmos documentos da inspeção periódica (Livrete e Título de Registo de Propriedade ou Documento Único Automóvel + Ficha da última inspeção), e também um documento que comprove o motivo pelo qual vai efetuar uma inspeção extraordinária (adaptação a diferente combustível, por acidente, por transformação, outros motivos, etc).

Este tipo de inspeção só pode ser feito num centro de inspeção de categoria B.

 

O que fazer se o meu veículo na inspeção automóvel for reprovado?

 

Deve realizar uma reinspeção, caso o seu veículo reprove na inspeção. A reprovação de um veículo na inspeção acontece quando não se confirma a manutenção das boas condições de funcionamento e de segurança do veículo.

A reinspeção da viatura, deve ser feita num prazo de 30 dias, após a inspeção. Se o seu veículo voltar a ser reprovado na reinspecção, o prazo para fazer uma nova reinspeção é de 15 dias.

Sempre que ultrapassar o prazo definido por lei, para realizar a reinspeção, deve ser feita uma nova inspeção.

A reinspeção deve ser efetuada, obrigatoriamente, no mesmo centro onde fez a inspeção. No caso de optar por outro centro, terá de fazer uma nova inspeção.

 

O que acontece se a minha inspeção automóvel for feita fora do prazo?

 

Se a inspeção for feita fora do prazo, no ano seguinte, a data válida para fazer a inspeção, é a data original, e não a que foi feita fora do tempo.

No entanto, devemos relembrar, que os veículos que não possuem a inspeção em dia ou que ainda circulam sem efetuar a reinspeção, podem ser multados. Os proprietários de veículos, sem as inspeções obrigatórias validadas no tempo estipulado, podem ser punidos com coimas que variam entre os 250€ e os 1.250€.

Apenas existe uma exceção onde não é multado se não cumprir com os prazos definidos por lei, relativamente à inspeção. No caso de o seu veículo não circular na via pública e apenas estiver estacionado, pois segundo a nota nº1744/2012, de 23 de fevereiro, da DO/CO/GNR, “um veículo estacionado na via pública não está sujeito à obrigação legal de apresentação à inspeção periódica, pelo que os agentes da autoridade não podem exigir a prova dessa mesma inspeção ao condutor ou ao titular do documento de identificação.”.

 

A inspeção às motas é obrigatória?

 

Portugal tem de transpor até ao ano de 2021, a diretiva europeia que determina a obrigatoriedade de os motociclos realizarem inspeções periódicas. A obrigatoriedade das inspeções periódicas para esses veículos só se tornará efetiva após publicação em Diário da República de uma portaria que aprove a respetiva calendarização.

Uma vez que esta medida ainda não entrou em vigor, a informação ainda é muito escassa. No entanto, prevê-se que a inspeção a motociclos terá um custo de 15,83€ e caso circule, com um motociclo sem inspeção, será punido com uma coima que varia entre os 120€ e os 600€.

Assim que estiver disponível mais informação sobre o tema, iremos partilhar no nosso website.

Relacionados