paper-planeman-inspecting-enginearrow-signsinfocheckboxcarchevron-upchevron-downchevron-leftchevron-rightcenterphoneclockmap-markerround-button-fbround-button-ytstylized-mapcomic-balloonround-chevron-leftround-chevron-rightman-on-wheelcar-distance-markerman-inspecting-carman-seat-belt-airbagcar-hood-check-frontcalendarpinsearch

O acidente de carro é uma das principais causas de morte, ou de ferimentos de jovens com idades compreendidas entre os 15 e 24 anos de idade*. Para evitar acidentes de carro, é essencial compreender as suas tipologias, consequências e pequenos comportamentos que todos podemos ter para aumentar a prevenção de acidente.

A noção de acidente rodoviário caracteriza-se por uma ocorrência na via pública, que inclua pelo menos uma viatura e uma pessoa, seja ela condutora, passageira ou peão. Para serem considerados acidentes de trânsito, qualquer ocorrência deve implicar um prejuízo económico e/ou consequências físicas / psicológicas para as pessoas envolvidas.

Quais as tipologias de um acidente de carro?

Em relação à sua natureza os acidentes podem agrupar-se em três grandes categorias.

  • Atropelamento - choque entre a viatura e uma pessoa ou animal
  • Colisão - choque entre veículos, ou entre os veículos e um objecto
  • Despiste - perda de controlo da viatura

COMO PREVENIR ACIDENTES DE CARRO?

A pessoa enquanto principal elemento do sistema rodoviário é a grande responsável pela segurança na estrada e deverá ter comportamentos e atitudes que permitam responder à simples questão, como evitar os acidentes de carro?

A prevenção de acidente passa então pela constante adequação dos comportamentos dos condutores às condições das vias e dos veículos que se alteram a cada instante. O que requer uma adaptação imediata às situações de trânsito e que obriga a uma recolha e interpretação correctas de informações que levam à tomada de decisões para executar um conjunto de manobras necessárias para evitar que sinistros aconteçam.

Comportamentos imprudentes aumentam o risco de acidente:

  • Conduzir depois de ingerir álcool, drogas ou medicações que influenciam a acção de conduzir
  • Não utilizar cinto de segurança
  • Utilizar o telemóvel durante a condução
  • Conduzir cansado, doente ou em estado psicológico instável
  • Conduzir em excesso de velocidade
  • Enquanto passageiro, distrair o condutor
  • Aceitar boleia ou deixar um condutor conduzir sabendo que está alcoolizado
  • Atravessar uma estrada fora dos locais próprios ou em locais arriscados
  • Circular com auscultadores.

Todos estes comportamentos não correspondem a uma noção de Segurança Rodoviária colocam as pessoas em risco e são os maiores causadores de acidentes de carro.

Existem alguns conselhos que poderá seguir no seu dia-a-dia de forma a melhorar a sua condução e evitar acidentes de carro, tornando-se, assim, num agente activo na prevenção rodoviária de acidentes.

  • Não faça apenas ponto de embraiagem quando estiver numa subida íngreme, poderá impedir o funcionamento correcto de alguns elementos do motor, provocará um maior desgaste das peças da embraiagem e como consequência uma maior propensão para acidentes rodoviários. Como alternativa, utilize o travão de mão enquanto estiver parado e faça o ponto de embraiagem apenas quando tiver que arrancar
  • Não conduza com um braço de fora do veículo, ou com o banco excessivamente deitado. Utilize sempre uma postura correcta na condução pois se não o fizer irá diminuir o seu tempo de resposta.
  • Não lave o motor com água, especialmente nos novos veículos que possuem muitos componentes eléctricos que poderão deixar de funcionar correctamente com o acumular de água.
  • Para falar ao telefone ou enviar mensagens, utilize sempre equipamentos de alta voz que evitem perdas de concentração ou distrações desnecessárias. No entanto, deverá evitar o máximo este tipo de comunicação, faça-o apenas se for estritamente necessário.
  • Não utilize nem excesso de iluminação nem iluminação insuficiente, se conduzir com os máximos ligados poderá encandear outros condutores e se conduzir sem luzes poderá impossibilitar a sua visualização em locais escuros.
  • Não conduza “colado” ao veículo da frente, caso contrário poderá não ter tempo de reacção para evitar uma colisão em caso de alguma alteração na condução. Respeite sempre a distância de travagem.

Acima de tudo evitar um acidente de carro passa por ter sempre atenção à sua condução e das situações ao seu redor, respeitando o próximo, quer seja automobilista, peão, ciclista ou motociclista. Introduza estes comportamentos e dicas de prevenção de acidentes na sua condução e passe a circular com maior segurança.

* Fonte ANSR - Autoridade Nacional Segurança Rodoviária

Atenção: Os cookies ajudam-nos a oferecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a nossa utilização de cookies. Saber mais