Tipos de Seguros Auto

Existem vários tipos de seguro pelos quais pode optar – sendo que pelo menos um é obrigatório: o seguro de responsabilidade civil (popularmente conhecido como “seguro contra terceirosou “seguro obrigatório).

Ter um seguro auto não é só uma questão preventiva. De facto, é importante ao nível de a legislação obrigar que cada condutor possua pelo menos um. Circular sem o seguro auto obrigatório é considerado pelas leis de trânsito como uma contraordenação grave e não só pode render uma multa pesada à carteira do condutor (até €2.500), como também retirar 2 pontos à carta, podendo ainda implicar uma proibição temporária de condução.

Se o condutor circular sem o seguro obrigatório e causar um acidente, não só terá de indemnizar todas as vítimas e prover pelos possíveis danos, como ainda poderá responder prante um processo jurídico.

Portanto, não é má ideia considerar um seguro auto para o seu veículo. Em especial, caso faça muitas viagens, circule por zonas de grande tráfego e/ou costuma transportar crianças com muita frequência, deve avaliar a hipótese de adquirir um seguro automóvel além do obrigatório. Veja abaixo os tipos de seguros auto e quais se adaptam melhor às suas necessidades!

 

TIPOS DE SEGURO AUTO

SEGURO DE RESPONSABILIDADE CIVIL

Este tipo de cobertura não abrange o próprio condutor, mas sim terceiros (daí o nome “responsabilidade civil”). O seguro auto obrigatório cobre danos materiais e físicos a terceiros, mesmo que não sejam transportados no automóvel do segurado.

SEGURO DE DANOS PRÓPRIOS

É uma cobertura opcional que assegura todos os pontos exigidos pelo seguro auto obrigatório, cobrindo ainda outros danos causados por acidentes de trânsito (capotamento, colisão e choque); incêndio, raio ou explosão; desastres naturais; vandalismo e quebra de vidros.

SEGURO TEMPORÁRIO

É um seguro auto cuja cobertura pode ser mínima (obrigatória) ou ampliada e sua principal característica é que tem uma validade específica. Pode ser de um mês ou alguns meses. Em geral, este é o tipo de seguro utilizado para carros clássicos, que não circulam muito em vias públicas, ou para os casos em que o condutor utilize a viatura por pouco tempo.

De um modo geral, o seguro temporário assume um valor mais elevado que o seguro comum.

É POSSÍVEL FAZER O SEGURO AUTOMÓVEL EM NOME DE OUTRA PESSOA?

Sim, é possível e depende apenas da seguradora (algumas podem recusar fazer o seguro auto em nome de outro que não o proprietário da viatura).

Tal como o nome sugere, o seguro automóvel é válido para o automóvel e, portanto, assegura todos os condutores – desde que autorizados pelo contratante do seguro. Ou seja, em situação de furto do automóvel, a pessoa a conduzir não estará assegurada. Contudo, é recomendável que o seguro auto seja contraído no nome de um condutor habitual.

Relacionados

  • Acidente de Carro

    A Prevenção de Acidentes de Carro é um conceito essencial na segurança rodoviária. Saiba como evitar sinistros e conduzir em segurança, com Controlauto!

    Saiba mais
  • Contraordenações e Pontos na Carta de Condução

    As infrações ao Código de Estrada são designadas contraordenações rodoviárias e são sempre sancionadas, seja com coima ou até mesmo pena de prisão. Desde que o sistema de pontos para carta de condução entrou em vigor em Portugal, em 2016, as contraordenações rodoviárias passaram a valer pontos conforme a gravidade da infração. Assim, cada condutor possui 12 pontos na carta, que são reduzidos a cada contraordenação.

    Saiba mais